Verão: A estação da oportunidade

Aproveite a alta temporada para aumentar o faturamento do seu estabelecimento!

Verão chegando e aos poucos o ano de 2017 vai se despedindo, saindo do calendário para a chegada de 2018.

E é juntamente com este clima de final de ano que a alta temporada em diversas cidades do nosso país tropical começa.

Por isso, eu inicio o nosso papo perguntando: como vocês estão se preparando para este novo ciclo que se inicia cheio de oportunidades?

Sabemos que este é um período muito bom para os comerciantes, em especial aos do segmento gastronômico, afinal, milhares de turistas desembarcam em diversas cidades e contribuem com o aumento das vendas de produtos e serviços que os estabelecimentos locais oferecem.

O turismo é um dos principais setores determinantes da economia local desta bela cidade litorânea, e só para vocês terem uma ideia, fora da temporada Balneário possui cerca de 100 mil habitantes,

já na alta temporada este número chega a 1 milhão de pessoas. Não fica difícil imaginar o aumento significativo no faturamento que os estabelecimentos gastronômicos alcançam nessa época.

Alta Temporada

Como eu disse anteriormente, a alta temporada é o período da oportunidade, mas para que tudo saia como o planejado é essencial que haja muita dedicação e visão.

Conquistar o cliente de uma maneira com que as expectativas dele sejam alcançadas e surpreende-lo de maneira positiva é o melhor caminho a ser buscado.

Para isso é preciso estar preparado para realizar um bom atendimento, potencializando o que de melhor o seu estabelecimento pode oferecer tanto em equipamentos, quanto em gestão.
É nessa hora que a criatividade de um bom empreendedor pode fazer toda a diferença.

Devido aos dias quentes comuns durante este período, há um grande aumento na comercialização de bebidas. Produtos como cervejas, sucos naturais, águas e refrigerantes muitas vezes tornam-se o carro chefe da temporada, concordam?

Uma boa dica de estratégia que alguns restaurantes, bares e pubs criaram é a chamada “harmonização”.

O que isso significa?

Harmonizar neste contexto, é encontrar o casamento perfeito entre os aromas e sabores, é acertar o equilíbrio entre a bebida e o prato principal (ou o aperitivo), é satisfazer o paladar do cliente por completo!

Não é uma tarefa fácil, mas eu acho genial os estabelecimentos que trabalham com esse diferencial dentro do seu cardápio (futuramente pretendo fazer uma postagem falando sobre como é feito esse estudo).

Outro ponto que está ligado a este conceito é o grande aumento da produção de boas cervejas artesanais no Brasil, essas normalmente apresentam diferentes tipos de sabores e assim contribuem com a harmonização.

Além disso, é sempre gratificante valorizarmos os produtos fabricados em nossa região. Quando o estabelecimento se propõe a trabalhar com marcas locais, além de dar visibilidade as pequenas empresas ele aumenta o seu mix de opções e diga-se de passagem: os turistas procuram por esse diferencial e aprovam!

Observação: Para a refrigeração das cervejas artesanais o expositor de bebidas não precisa alcançar temperaturas negativas, na verdade elas devem ser refrigeradas entre 0 a 4º C, salvo algumas exceções.

Enfim, a gastronomia vai muito além da culinária, ela é cultura, é comportamento e é gestão, e planejar estratégias para se chegar a bons resultados é fundamental.
Aproveitem as inúmeras possibilidades que o verão oferece a todo momento. Foquem as energias nas oportunidades e bons negócios!

 

Fonte: https://blog.lojabrazil.com.br/verao-gastronomia-e-negocios/

 

%d blogueiros gostam disto: